A ingratidão é um pecado universal

Precisamos fazer da gratidão um hábito, pois ela nos ajuda a libertar da preocupação, trazendo alegria e conforto onde só há ansiedade e tristeza. Ao agradecer nosso coração descansa, nossa mente se aquieta, relaxamos mais, dormimos melhor e ficamos livres de tantas tensões da vida moderna.

A gratidão é terapêutica. Ela cura as doenças psicossomáticas. Cura as dores da alma como a depressão, a angústia, a tristeza, a solidão, a melancolia, a baixa-estima, a insônia e a ansiedade.
Expressar gratidão traz grande benefício! Daí, a necessidade de nos tornarmos sensíveis às belezas da natureza, reconhecendo o gesto generoso de Deus revelado no orvalho, na chuva, na neve e no Sol que nasce e se põe todos os dias. Desperte sua percepção para observar mais a beleza do mar, das montanhas, da vegetação, das flores, dos frutos e das árvores, dos rios, das cachoeiras e do imenso céu azul. Deleite-se com o canto dos pássaros, com o sorriso de uma criança e, até mesmo, com a folha leve e seca que se desprende do arvoredo. Sinta carinho e respeito pelos animais. Agradeça a Deus pelo seu universo tão pleno de maravilhas.
Agradeça a Deus tanto pelas coisas boas como pelas ruins! Compreenda que tudo acontece para melhor e que tudo segue um plano divino: "Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito" (Romanos 8.28).

Quando somos movidos pela gratidão a Deus, mesmo enfrentando os inconvenientes e as agruras da vida, jamais consideraremos nossa existência um tédio ou algo insuportável; nossa vida será menos penosa, pois sabemos que as marteladas do sofrimento darão um novo brilho à nossa vida.

Quando nos conscientizamos dos atos generosos de Deus por detrás dos sofrimentos, nenhuma tarefa nos parecerá impossível. Nenhuma distância muito longínqua, nenhum custo muito alto, nenhum sacrifício muito grande. Diante de tudo isso, devemos fazer a seguinte oração:
"Eu te retribuirei, Senhor, de algum modo, ainda que leve toda a minha vida".

Em resposta a nossa oração, Deus dirá: "Meu filho, ou minha filha, o meu amor não é para ser retribuído, mas passado adiante". Quando acharmos que tudo na vida está perdido, que não experimentamos mudanças significativas e pensarmos que Deus se esqueceu de nós, então devemos fazer o seguinte: transportemos nossos pensamentos ao Calvário e imaginemos Jesus ocupando o nosso lugar na cruz. O Calvário é o maior motivo para servirmos ao Senhor com gratidão.
Que possamos todos abraçar o compromisso de sermos mais gratos a Deus.

Pastora Keila Ferreira

JoomShaper